sexta-feira, 18 de maio de 2018

CINEMA > Deadpool 2 | Classificação indicativa baixa para 16 anos


Publicado originalmente no site do Jornada Geek, em 18 de maio de 2018

DEADPOOL 2 | Classificação indicativa baixa para 16 anos no Brasil

Por Marco Victor

Já em exibição nos cinemas desde ontem, mas com pré-estreias tendo ocorrido na quarta-feira, o filme Deadpool 2 ganhou novidades. E desta vez, o assunto em questão envolve sua polêmica classificação indicativa.

Em uma postagem recente nas redes sociais, a 20th Century Fox confirmou que a classificação indicativa da produção baixou dos 18 para os 16 anos.

Texto e imagem reproduzidos do site: jornadageek.com.br

ARACAJU/SE > Hotel Palace: comerciantes são notificados...

 A interdição está marcada para dia 27 de maio.

 Comerciantes terão que sair do local.

 Parte interna do prédio está em condições precárias.

Presidente da Acafa não concorda com a interdição

Publicado originalmente no site do Poral Infonet, em 17/05/2018 

Hotel Palace: comerciantes são notificados de interdição

A interdição está marcada para dia 27 de maio

O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil Estadual notificaram na manhã desta quinta-feira, 17, os comerciantes que atuam no local onde funcionava o antigo Hotel Palace, no centro de Aracaju, sobre a interdição do prédio que está marcada para o dia 27 de maio. Eles discordam da decisão judicial e querem por conta própria fazer a reforma do edifício.

De acordo com o integrante da comissão técnica do condomínio, Sérgio Santos um mandado de segurança será impetrado para poder reverter a saída dos condôminos. “A saída já está notificada para o dia 27 e até lá tentaremos perante aos nossos advogados derrubar [a decisão] e promover as medidas emergenciais que os órgãos públicos pediram em laudo”, declarou.

Segundo o presidente da Associação dos Camelôs e Feirantes de Aracaju (Acafa), André Camelô, os comerciantes pretendem contratar um profissional para realizar a reforma. “Os retoques nós vamos fazer. Não vamos esperar que o governo, que é da parte de cima faça, vamos fazer nossa parte aqui. Vamos contratar um engenheiro para fazer o laudo para na segunda-feira a gente entrar na Justiça e tentar suspender a decisão”, afirmou.

O comerciante Cléber Lima de Oliveira trabalha há 16 anos no local e afirma que não quer sair . “Não queremos sair daqui. Eles não podem chegar aqui e dar um prazo de dez dias para sair. Quantas centenas de desempregados teremos aqui? Vai colocar todas essas pessoas onde?”, questiona.

Governo
A assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Turismo informou que apenas a parte da torre central do prédio é de responsabilidade do Estado, e que assim como os comerciantes, o Governo também é parte do processo e todas as medidas referentes ao Estado já foram feitas.

Já a assessoria de Comunicação do Governo reforçou que o espaço onde os comerciantes atuam é um espaço privado, e assim sendo, o Estado não poderia intervir em questões como realocação destas pessoas para outros pontos comerciais.

por Yago de Andrade

Texto e imagens reproduzidos do site: infonet.com.br

quinta-feira, 17 de maio de 2018

ARACAJU/SE > Embarcação encalha no litoral sergipano


Fotos: Anna Fontes/TV Sergipe/G1 SE.

Trecho reportagem, extraída de publicação originária do site G1 SE, em 16/05/2018

Embarcação encalha no litoral sergipano

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Capitania dos Portos estiveram no local do naufrágio para auxiliar o velejador.

Por G1 SE

A embarcação à vela que encalhou na tarde desta quarta-feira (16), próximo à região conhecida como Boca da barra no Rio Sergipe e da Praia da Atalaia Velha, no Bairro Coroa do Meio, em Aracaju, deve ser retirada nesta quinta-feira (17).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, apenas uma pessoa estava na embarcação. O velejador é alemão e seguia para Fortaleza (SE), quando ao chegar em um trecho da Praia dos Artistas, em Aracaju, teve problemas com o motor e com a vela da embarcação.

“O motor morreu. Usei âncora e acabei perdendo duas”, conta o alemão Eith Máxi, que apesar do susto não ficou ferido e conseguiu trazer o barco até uma caixa de areia, evitando que ele virasse.

Testemunhas que estavam na praia ajudaram no resgate do velejador. “Ele ficou só com uma vela, que começou a ser destruída, ficando à deriva. Estava sem orientação e não sabia para onde ir. Teve muita sorte para chegar até a praia”, conta o aposentado Hugo Hermes.

Assim que tomou conhecimento do acidente, a Capitania dos Portos de Sergipe (CPSE) enviou uma equipe de inspetores navais para prestar apoio ao navegador e iniciar as investigações sobre o que teria provocado o encalhe da embarcação. Um Inquérito Administrativo de Fato da Navegação (IAFN) vai ser aberto.

A viagem

O velejador disse que iniciou a viagem na Malásia, país localizado no Sudeste Asiático. No Brasil passou por vários estados e estava a caminho de Fortaleza, no Ceará. Eith disse que já passou por outros dois naufrágios...

Texto e imagens reproduzidos do site: g1.globo.com/se

CINEMA > 'Deadpool 2' recebe classificação para maiores de 18...

Printi do instagram UCI Cinemas

Fox Film/DivulgaçãoRyan Reynolds está de volta no papel do anti-herói
depois do filme bem-sucedido lançado em 2016.
Foto: Fox Film/Divulgação

Texto publicado pelo site do Portal UAI, em 16/05/2018

'Deadpool 2' recebe classificação para maiores de 18 no Brasil

Decisão é do Ministério da Justiça. Filme chega aos cinemas na próxima quinta-feira (17 de maio)

Por Estado de Minas

O segundo filme do anti-herói Deadpool chega aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (17). Para o Ministério da Justiça, no entanto, o longa só poderá ser visto por pessoas maiores de 18 anos, diferentemente do primeiro filme, classificado para maiores de 16.

Segundo o órgão federal, a produção da Marvel apresenta ''drogas, violência extrema e conteúdo impactante''. As primeiras críticas reiteram a teoria. Segundo o jornal britânico The Guardian, o filme é ''o lançamento mais violento desde Kill Bill Volume 1 (2004)''.

Deadpool 2 traz a volta do mercenário tagarela, interpretado por Ryan Reynolds, desde o primeiro filme, lançado em 2016. Dessa vez, entretanto, ele aparece ao lado de novos aliados: o grupo X-Force, uma equipe de mutantes criada nos quadrinhos da Marvel. O anti-herói resolve juntar a equipe para enfrentar o vilão Cable (Josh Brolin), um viajante do tempo que pretende exterminar um jovem mutante.

No trailer divulgado, o humor característico do personagem continua, assim como a paixão por Vanessa (Morena Baccarin). Novos personagens também foram introduzidos. É o caso de Faísca (Shiori Kutsuna), Bedlam (Terry Crews) e Dominó (Zazie Beetz). O ator Bill Skarsgard, conhecido por ter interpretado o palhaço Pennywise em IT: a coisa, também faz parte do X-Force.

O filme ainda deve trazer cenas ainda mais insanas que no filme original, com direito a lutas contra ninjas, sonhos bizarros com bovinos e ''cães sexualmente agressivos'', segundo a sinopse.

O roteiro de Deadpool 2 é de Drew Goddard (Perdido em Marte) com contribuição de Rhett Reese e Paul Wernick, que trabalharam no roteiro do primeiro filme. A direção é de David Leitch (Atômica).


Fonte: uai.com.br e youtube.com

quarta-feira, 16 de maio de 2018

SEXO > Cresce pontos de exploração sexual de crianças e adolescentes

Foto: Divulgação

SE é o 4º estado com maior crescimento de pontos de exploração sexual de crianças e adolescentes
O estado possui hoje 108 pontos vulneráveis à exploração.

SE é o 4º estado com maior crescimento de pontos de exploração sexual de crianças e adolescentes

Levantamento realizado pela Polícia Rodoviária Federal em parceria com a organização Childhood Brasil, por meio do lançamento da sétima edição do projeto Mapear 2017/2018, mostrou que, em todo o Brasil, houve um aumento de 20% dos pontos considerados vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes. Sergipe, por sua vez, ficou em uma posição ainda mais negativa com relação à maioria dos demais estados brasileiros. De acordo com o levantamento, o estado registrou um aumento de 76% desses pontos em relação ao biênio anteriormente analisado, 2013/2014, sendo, então, o 4º estado com maior crescimento desses números, ficando atrás apenas do Ceará (+92%), Rondônia (+91%) e Paraíba (+84%). (Confira o levantamento).

No Brasil, a análise mostrou que, atualmente, nas rodovias e estradas federais, existem, pelo menos, 2.487 pontos considerados vulneráveis. Em Sergipe, foram destacados 108 desses pontos.
Os dados levantados mostraram ainda que, no país, do total de locais mapeados, 489 foram considerados pontos críticos; 653 com alto risco; 776 com médio risco; e 569 foram avaliados como de baixo risco para exploração sexual de crianças e adolescentes. A maior parte dos pontos (59,55%) está concentrada nas zonas urbanas, portanto de fácil acesso, embora a incidência (40,45%) também seja alta em áreas rurais. Na maioria das vezes, esses pontos estão vinculados a postos de combustível, bares, casas de shows, pontos de alimentação e também de hospedagem.

Regiões

A região Nordeste é a que concentra maior número de pontos vulneráveis: 644. Também é onde está a maior concentração de pontos críticos: 156. Depois, estão Sul (575 pontos), Sudeste (468), Norte (404) e Centro Oeste (396). No caso da região Norte, houve um incremento expressivo no número de pontos vulneráveis, que passou de 160 para 404.

Entre os estados, os com maior número de pontos são Paraná (299), Pará (232), Goiás (185), Minas Gerais (184) e Ceará (180). Paraná e Pará ampliaram o número em 40% e 64%, respectivamente. Goiás manteve-se praticamente estável, com pequeno aumento de 5%. Minas teve redução de 41% e Ceará aumentou 92% o número de pontos registrados – o maior aumento entre todas as unidades da federação.

Diante dessa elevação, o presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da PRF, Igor de Carvalho Ramos, pondera que o aumento também se deve à ampliação da fiscalização, não necessariamente à da exploração. “Nós achamos que esses pontos já existiam, mas nos últimos anos a gente trabalhou muito na capacitação de policiais e passamos a usar um aplicativo de smartphone que facilita muito o monitoramento”, explicou.

De acordo com a PRF, o objetivo do mapeamento é contribuir com os mecanismos de busca, organização e disponibilização de dados sobre a exploração, bem como no direcionamento de ações preventivas e repressivas para o enfrentamento de tal violação de direitos. Como resultado dessa iniciativa e da articulação com outros órgãos, neste biênio foram resgatadas 121 crianças e adolescentes de situação de vulnerabilidade. Entre 2005 e 2018, a PRF resgatou 4.749 crianças e adolescentes identificados em situação de risco nas rodovias federais brasileiras.

Por JornaldaCidade.Net com informações da Agência Brasil

Texto e imagem reproduzidos do site: jornaldacidade.net

terça-feira, 17 de abril de 2018

ITABAIANA/SE. > Desfecho feliz para o cãozinho Pitomba

O filhote foi arrastado por uma moto em  Itabaiana no final de março

Publicado originalmente no site Cinform, em 16 de abril de 2018

Abril Laranja: Desfecho feliz para o cãozinho Pitomba

Por  Julia Freitas 

No dia 28 de março deste ano, as imagens de um cachorro sendo arrastado por um motoboy pelas ruas da cidade de Itabaiana (Agreste sergipano) chocaram e revoltaram muitas pessoas em Sergipe e no Brasil. O cachorro mal conseguia caminhar, suas patas queimaram no asfalto quente, as articulações incharam devido aos maus tratos, causando fortes dores.

Pitomba, como é chamado, foi resgatado da rua por um senhor chamado Adilson e, alguns dias depois, pela presidente da ONG Educação e Legislação Animal (Elan), Nazaré Moraes, que o levou para Aracaju.

 
Pitomba recebeu tratamento médico e foi adotado

“Eu o encontrei na casa do Sr. Adilson e ele precisava de muitos cuidados veterinários. Além do tratamento dos machucados provenientes da tortura que ele sofreu, fizemos a castração, microchipagem, vacinação e exame de sangue”, relembra Nazaré.

Para a alegria daqueles que acompanhavam a sua triste história, Pitomba foi adotado na última semana e, segundo a presidente da Elan, ele está bem e se adaptando à nova família que assinou um Termo de Guarda Responsável. “Na nova casa ele está bem, comendo ração e, como todo filhote, brincando muito”, conta.

O motoboy que arrastou o filhote de cachorro, identificado como Fabiano dos Santos Siqueira, contou à polícia que recebeu R$ 5 reais para se livrar do animal. Já a mulher apontada como dona do animal, Eliene dos Santos, afirmou em depoimento que não era a dona do cachorro, que ele tinha aparecido em sua porta. Alegando não ter condições de cuidar do animal, ela confessou que pagou o motoboy para levá-lo para outro lugar. A delegada responsável pelo caso, Josefa Valéria Andrade, indiciou Fabiano e Eliene pelos crimes de maus-tratos e abandono de animais.

ABRIL LARANJA

Revirando os arquivos do CINFORM, encontramos inúmeros casos de crimes e abusos contra animais. Em fevereiro de 2013, por exemplo, o aposentado Celso Ferreira Costa amarrou um jegue ao seu carro e o arrastou pelo povoado Três Barras, em Graccho Cardoso, também no sertão sergipano. O animal foi resgatado e levado para Aracaju, mas precisou ser sacrificado no dia seguinte devido aos gravíssimos machucados.

Outro caso de crimes contra animais são os envenenamentos, como os que mataram vários cães e gatos na cidade de Lagarto em 2012, mas também em tantas outras. Pensando em todos esses absurdos e perversidades, a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra os Animais (ASPCA) dedica o mês de abril para sensibilizar, promover ações de conscientização e prevenir a crueldade contra o animal.

Pitomba virou um símbolo da luta contra maus tratos

Em Sergipe, a recente aprovação de duas leis estaduais que fortalecem a Lei Federal nº. 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais), traz alento para aqueles que dedicam suas vidas a cuidarem daqueles que não possuem voz. A Lei nº 8.366/17 (Código de Proteção aos Animais) e a Lei nº 8.367/17 (Lei de Controle Populacional e Identificação de Cães e Gatos), ambas foram publicadas no Diário Oficial no dia 10 de janeiro deste ano.

“Essas duas leis são fundamentais porque, apesar de existir uma lei federal sobre os crimes contra os animais, é necessário tipificar esses crimes. Mas, além da lei, é preciso que haja uma fiscalização por parte das autoridades e da própria sociedade civil”, desabafa Nazaré.

Quando alguém presencia algum crime contra um animal, seja ele de qualquer porte ou espécie, é essencial colher provas, seja um vídeo, áudio ou foto. E, principalmente, fazer um boletim de ocorrência para que haja estatística sobre esses crimes.

Texto e imagens reproduzidos do site: cinform.com.br

sábado, 24 de maio de 2014

Obama surpreende turistas em um raro passeio a pé


Obama surpreende turistas em um raro passeio a pé por Washington
Ele contou ter conhecido turistas de vários países, inclusive brasileiros.
É preciso surpreender as pessoas', disse o presidente americano.

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Campanha de Trânsito


Vídeo impressiona ao 'parar no tempo' e mostrar efeitos de um acidente de carro.
 Campanha foi feita na Nova Zelândia para conscientizar sobre risco do abuso de velocidade.